Terrorismo

Quanto vale o terror palestino?

Na imagem acima, a terrorista Rasmea Odeh, sorri depois de ser libertada juntamente 78 outros terroristas em troca da vida de 1 único soldado israelense, Gilad Shalit. Como membro da organização terrorista Frente Popular de Libertação da Palestina, Odeh havia sido condenada à prisão perpétua por ter feito parte de uma célula terrorista que plantou uma bomba em um supermercado lotado de Jerusalém, matando dois estudantes universitários. Ao ser libertada, Rasmea Odeh está para lá de feliz. E há uma razão para isso.

VEJA QUANTO A AUTORIDADE PALESTINA PAGOU AOS TERRORISTAS DA PIZZARIA SBARRO

18 anos depois que um ataque terrorista feriu 140 pessoas e matou 15 judeus, 7 deles, crianças, a terrorista responsável pela organização do atentado, da mesma forma que Rasmea Odeh, tem razões para sorrir. Em entrevista à TV israelense Ahlam Tamimi admitiu não estar arrependida e diz que faria tudo novamente [leia a reportagem completa aqui].

E Ahlam Tamimi tem motivos de sobra para não se arrepender. Além de realizar o sonho de muitos palestinos, de ceifar vidas judaicas, Ahlam Tamimi ainda passou a fazer parte de uma classe árabe bastante reconhecida na região, os ex-terroristas, uma classe muito bem paga e da qual faz parte também a senhora sorridente que aparece na foto que abre esta reportagem.

A operação que resultou no ataque à Pizzaria Sbarro, envolveu a participação de 8 terroristas. Destes, apenas o suicida, Muhammad al-Masri, está morto, os demais estão vivos e recebem, eles ou suas famílias, um salário especial pago pela Autoridade Palestina (AP).

O Palestinian Media Watch (PMW) revelou esta semana que a AP pagou até o momento o equivalente a 910.823 dólares aos responsáveis pelo ataque. Isto dá, na cotação de hoje,09 de agosto, o equivalente a 3.590 milhões de Reais.

Segundo o PMW, citado pelo Jerusalém Post, estes pagamentos incluem os salários mensais pagos aos terroristas na prisão, os pagamentos à família do terrorista morto e os pagamentos aos terroristas que foram libertados no acordo de troca de prisioneiros pelo soldado israelense Gilad Shalit de 2011. Ahlam Tamimi foi uma das pessoas libertadas.

Atualmente, a AP paga aos terroristas responsáveis pelo ataque à Pizzaria Sbarro ou às suas famílias um salário de 7.321 dólares. Isso equivale a quase 30 mil Reais por mês!

Ao todo, a família do terrorista suicida Muhammad Al-Masri já recebeu US$ 53.689 (R$ 211.000); Abdullah Barghouti, o responsável por preparar a bomba e que continua preso, recebeu US$ 213.848 (R$ 842.000) e enquanto esteve presa, Ahlam Tamimi recebeu US$ 51.836 (R$ 200.000). Depois que foi libertada, ela fugiu para a Jordânia e desde então não se sabe se tem recebido alguma coisa do governo jordaniano.

O governo da Autoridade Palestina recompensa generosamente todos os terroristas envolvidos em ataques contra cidadãos israelenses. E há uma particularidade nestes pagamentos. Como os terroristas são vistos também como heróis nacionais, à medida em que o tempo passa a sua importância cresce e os valores recebidos também.

Segundo o Jerusalém Post, todo terrorista palestino começa recebendo um “salário mínimo” de 1.400 sh’kalim (R$ 1.590) e depois os valores vão subindo gradativamente, podendo atingir os 12.000 sh’kalim mensais após 30 anos (R$ 13.590).

Em 2018, o gabinete do primeiro-ministro Mahmoud Abbas admitiu ter pago o equivalente a 134 milhões de dólares em salários a terroristas. Quase 530 milhões de Reais! E como o autoproclamado “Estado Palestino” praticamente não produz nada, todo este dinheiro veio de doações de governos estrangeiros ou de desvios das verbas enviadas pela Organização das Nações Unidas.

ANDS | JPOST | PWM

CLIQUE ABAIXO, FAÇA UMA DOAÇÃO E AJUDE O NOTÍCIAS DE SIÃO.

Faça sua doação para apoiar o Notícias de Sião
donate-jpg

Categorias:Terrorismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s