Breaking News

Rockets lançados a partir de Gaza atingem Israel

“As Forças de Defesa de Israel encaram com muita seriedade qualquer tentativa de agressão a civis israelenses e continuaremos a agir vigorosamente contra atos terroristas.”

Um rocket lançado a partir de Gaza caiu no início da noite deste sábado num campo aberto na região de Eshkol, em Israel. Sirenes de alerta foram ouvidas forçando a população judaica a procurar abrigos antimísseis.

O lançamento do míssil foi o desfecho de um final de semana conturbado na fronteira da Faixa de Gaza. Manifestantes palestinos ocorreu horas depois de aeronaves israelenses atacarem vários alvos militares do Hamas na Faixa de Gaza na noite de sexta-feira, horas depois de um projétil ter sido disparado contra o sul de Israel, informou a IDF.

Autoridades militares informaram que a ação israelense foi “uma resposta ao lançamento de um foguete em Israel no início da noite, assim como aos ataques terroristas da Faixa de Gaza incluindo [o lançamento de] balões e tentativas de danificar infraestruturas de segurança”.

Ao longo dos dois últimos dias, cerca de 8.000 palestinos causaram imensa confusão de modo a marcar a 50ª semana dos protestos contra Israel naquilo que foi por eles denominado de “Grande Marcha de Retorno”.

Em resposta aos ataques contra o seu território, aeronaves das Forças de Defesa de Israel (IDF) atingiram diversos alvos estratégicos no complexo militar do grupo terrorista Hamas, que fica no sul da Faixa de Gaza. Também ao norte, foram localizadas e destruídas diversas infraestruturas subterrâneas.

A ação das IDF atingiu também duas instalações navais, uma nas proximidades de Sudaniya e outra em Khan Younis. Alvos terrestres foram atingidos em Zeytoun e em Tuffah, dois bairros da Cidade de Gaza onde está localizado o prédio da Universidade Islâmica de Gaza, um centro de fomentação de ódio contra Israel.

A universidade não foi atingida, os alvos foram todos militares e até o fechamento desta edição não havia relato de vítimas nestas intervenções. A única baixa foi um jovem palestino chamado Tamer Khaled Mustafa Arafat, de 23 anos, que morreu em decorrência da ação israelense.

Além da morte de Arafat, os protestos deste final de semana deixaram 48 pessoas feridas, sendo que destas, duas eram mulheres, quatro eram paramédicos e dois jornalistas.

Num comunicado oficial, as Forças de Defesa de Israel informaram que “encaram com muita seriedade qualquer tentativa de agressão a civis israelenses” e que “continuará a agir vigorosamente contra atos terroristas”.

O comunicado das IDF concluiu dizendo que o grupo terrorista Hamas “é responsável por tudo o que tem acontecido dentro e fora da Faixa de Gaza”.

ANDS | JPOST

Faça sua doação para apoiar o Notícias de Sião
donate-jpg

1 resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s