Livros

Um desafio aprovável

Participei do desafio de publicar uma capa de livro por dia na minha página do Facebook. São livros que de algum modo foram referências para a minha formação. O desafio consistia em simplesmente postar as capas dos livros, sem tecer comentários. Não fiz na hora, mas faço-o agora.

Quando deixei o Brasil, doei a minha biblioteca, guardando apenas alguns livros especiais. No exterior acabei por iniciar uma nova coleção, razão pela qual os livros postados não representam necessariamente o TOP 10 das minhas obras, mas são sim bastante emblemáticos daquilo que aprecio ler.

Cada uma das obras postadas apontam para um grupo de interesse. Comecei com “Nação Empreendedora”, pois esta obra aborda a temática que tenho trabalhado ao longo de décadas: o lado tecnológico de Israel. Trata-se de um livros imprescindíveis para entender o slogan do blog Notícias de Sião: “Israel é bem mais do que aquilo que você está acostumado a assistir, ouvir ou ler.”

Na sequência, apresentei “Jerusalém, uma biografia”, do britânico Sebag Montefiori, o livro definitivo sobre a capital indivisível do Estado de Israel com suas vitórias e desventuras, desventuras estas que culminam com a diáspora judaica após a destruição do Templo. Por conta disso, escolhi como livro seguinte “A História da Inquisição Portuguesa”, que retrata justamente com os judeus na diáspora, especificamente aqui no país onde me encontro.

Depois, postei a capa de um daqueles livros “perfeitos”, onde você procura uma falha na construção do texto e não encontra. “Tempos Muito Estranhos”, escrito de forma magistral por Doris Kearns Goodwin, é um daqueles livros que eu gostaria de ter escrito.

Seguiu-se “A Guerra dos Judeus”, um clássico que dispensa comentários, e “Os Baptizados em Pé”, de Elias Lipiner, um livro que traz uma riquíssima amostra de documentos sobre a forma como os judeus foram obrigados a abraçar o cripto-judaísmo em Portugal. É uma das melhores obras que já li sobre o assunto e quem o tiver está dispensado de fazer visitas à Torre do Tombo para pesquisar o que foi a Inquisição, pois Lipiner fez isso por seus leitores. E o fez de uma forma impecável. O livro deve fazer parte da biblioteca de qualquer pessoa que queira entender porque os judeus são tão fechados na Europa.

“E o Mundo Silenciou”, de Ben Abraham veio a seguir. Além de ser um daqueles livros que retratam bem o que foi a Shoah, é particularmente especial para mim, pois tive o privilégio de conhecer e conviver com o autor.

Depois, apresentei “Perdoa, Natacha”, de Sergei Kourdakov, a obra que conta como os comunistas perseguiram os crentes na época da terrível Cortina de Ferro. O livro é de um realismo assustador. Acho impossível que um crente leia este livro e ainda queira apoiar partidos de Esquerda, seja na Europa, Brasil ou qualquer outro lugar do mundo!

O penúltimo livro foi “Memorials of Frances Ridley Havergal”, uma obra escrita por Maria V. G. Havergal, irmã da grande autora de hinos sacro, e na falta de um livro sobre Fanny Crosby, destaquei esta primeira edição, uma raridade que tenho e que foi publicada em 1881. Como sou apreciador incondicional dos hinos tradicionais, a vida e a obra de Frances Havergal me são muito queridas.

Para fechar o ciclo de livros que impactaram a minha vida, apresentei a Torá bilíngue que foi editada pela Sefer, de São Paulo. Fechei o ciclo com esta obra, pois para mim o Pentateuco além de ser a base de toda a Bíblia Sagrada é o livro mais importante que alguma vez foi publicado na face da terra.

Não sou de participar de desafios internetnianos, mas deste eu gostei.

Faça sua doação para apoiar o Notícias de Sião
donate-jpg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s