Arqueologia

A pequena grande descoberta arqueológica

Arqueólogos israelenses descobriram uma pequena preciosidade bíblica nas escavações que decorrem junto ao Muro das Lamentações. Trata-se de um peso bíblico, extremamente raro, contendo a inscrição “beka”. Dada a sua minúscula proporção, este é um artefacto arqueológico muito difícil de ser encontrado.

O beka era uma unidade de medida usada no período do Primeiro Templo. Os peregrinos pagavam impostos de meio siclo, ou meio shekel, antes de subir ao Monte do Templo e os sacerdotes usavam esta pedrinha para pesar o pagamento.

O arqueólogo israelense Eli Shukron, responsável da Autoridade de Antiguidades de Israel para a escavações junto ao Muro das Lamentações, disse ao The Times of Israel, que este tipo de achado é extremamente raro, dado as dimensões da peça.

A palavra “beka” aparece duas vezes na Bíblia, primeiro como o peso de ouro de um pendente dado a Rebeca, em Gênesis 24:22 (imagem acima), e em Êxodo 38:26, como unidade de medida dos impostos no Templo.

“E aconteceu que, acabando os camelos de beber, tomou o homem um pendente de ouro de meio siclo [בקע] de peso, e duas pulseiras para as suas mãos, do peso de dez siclos de ouro…” (Gênesis 24:22).

“Um beca [בקע] por cabeça, isto é, meio siclo, conforme o siclo do santuário; de todo aquele que passava aos arrolados, da idade de vinte anos para cima, que foram seiscentos e três mil e quinhentos e cinquenta.” (Êxodo 38:26)

Para se ter ideia da preciosidade do achado, a pedra foi descoberta depois de os arqueólogos peneirarem terras retiradas de um canal de drenagem sob a fundação do Muro das Lamentações. Esta terra foi retirada em escavações datadas do ano de 2013, mas só agora, 5 anos depois, é que o beka foi encontrado.

Este beka chama também a atenção por ser o único até agora encontrado em que a inscrição aparece “espelhada”. Aqui, de forma surpreendente, a escrita hebraica está da direita para a esquerda e não o oposto, que é o usual.

Eli Shukron disse já foram encontrados alguns selos escritos de forma espelhada, o que o leva a concluir que o artesão que forjou o peso foi o mesmo que criou os selos.

“Aparentemente, o artesão [responsável pela criação] do selo ficou confuso quando gravou a inscrição no peso e usou erroneamente a forma espelhado, como estava acostumado a fazer”, afirmou Shukron. Para o arqueólogo, “a partir desse erro, podemos entender uma regra geral: os artistas que gravaram pesos durante o período do Primeiro Templo foram os mesmos artistas que se especializaram em criar selos”.

Para Eli Shukron, há algo muito mais emblemático nesta descoberta: o local onde foi achada, ao lado do Templo do Rei Salomão. “Os relatos bíblicos, o artefacto encontrado perto do Templo de Salomão, ao norte da Cidade de Davi, as fundações do Templo – tudo está conectado”, concluiu o arqueólogo.

ANDS | TOI

Faça sua doação para apoiar o Notícias de Sião
donate-jpg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s