Breaking News

Oficial IDF é morto em Gaza

Veículo IDF destruído

Um tenente-coronel das Forças de Defesa de Israel foi morto na noite deste domingo, 11, numa incursão israelense na Faixa de Gaza. As IDF informaram apenas que o tenente tinha 41 e deixou esposa e dois filhos.

Numa ação similar àquelas que aparecem na série israelense Fauda, agentes das IDF entraram em território árabe com o objetivo de localizar um importante líder do grupo terrorista Hamas.

Nour el-Deen Baraka, comandante da Brigada Izz ad-Din al-Qassam foi localizado na cidade gazita de Khan Yunis. O grupo de agentes das IDF foi detectado pelos árabes e houve uma intensa troca de tiros entre as IDF e os terroristas. O tenente-coronel foi morto e um outro agente ficou ferido.

O oficial ferido foi evacuado para o Centro Médico da Universidade de Soroka, em Be’er Sheva, passou por uma cirurgia e encontra-se, no momento em que este artigo está sendo escrito, internado na Unidade de Terapia Intensiva daquele hospital. Os médicos informam que o paciente se encontra em estado estável.

A operação estava sendo acompanhada à distância e diante do imprevisto, caças das Forças Aéreas (IAF) entraram em ação dando cobertura à evacuação dos israelenses. Na ação, o líder do Hamas e mais seis terroristas acabaram mortos.

Na sequência, dezenas de foguetes foram lançados contra o território israelense, fazendo disparar alertas por toda a região fronteiriça à Faixa de Gaza.

O tenente-coronel passa a ser o soldado mais graduado a ser morto na Faixa de Gaza desde a Operação Margem Protetora, em 2014.

As autoridades israelenses lamentaram a morte do oficial das IDF.

“O Estado de Israel perdeu um combatente cuja contribuição para a segurança do país permanecerá em segredo por muitos anos. Apresento minhas mais sinceras condolências à família e votos de rápida recuperação para o oficial que foi ferido no incidente”, declarou Avigdor Lieberman, Ministro da Defesa de Israel.

Ao tomar conhecimento do agravamento da situação na Faixa de Gaza, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, que se entrava em Paris para as celebrações dos 100 anos da assinatura do armistício da 1ª Guerra Mundial, voltou durante o incidente, voltou para Israel.

“Eu lamento a perda do tenente-coronel M., um guerreiro ímpar que foi morto durante uma missão das FDI em Gaza. Algum dia, toda a grandeza do seu heroísmo será revelada. Os cidadãos de Israel devem muito a ele. Nossas forças agiram corajosamente [na noite de] hoje e eu saúdo o tenente-coronel M., a sua família e os seus companheiros de armas. Que a sua memória seja abençoada”, concluiu Benjamin Netanyahu.

ANDS | YNET

Faça sua doação para apoiar o Notícias de Sião
donate-jpg

2 respostas »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s