Defesa

ESTADO ISLÂMICO TENTA ATACAR ISRAEL

TODOS OS PRETENSOS INVASORES ESTÃO MORTOS

Em relação ao Estado Islâmico, o malfadado Daesh, não há outra alternativa: é atirar antes e perguntar depois. Se vão ou não responder é problema deles.

golan-border-israel
Forças de Defesa de Israel atuando na fronteira junto às Colinas do Golã

O exército israelense respondeu a altura a um ataque contra uma de suas patrulhas estacionadas na região das Colinas do Golã.

Pelo menos quatro terroristas foram mortos após terem aberto fogo contra a patrulha israelense na noite do último sábado.

Os quatro terroristas pertenceriam às brigadas de Yarmouk, uma organização síria que prestou recentemente juramento de fidelidade ao Estado Islâmico.

Poucas horas depois do ataque, já na madrugada do domingo, as Forças de Defesa de Israel localizaram a posição do inimigo, um antigo edifício da ONU, e bombardearam a base aniquilando os terroristas.

Num comunicado, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu enfatizou: “Estamos bem preparados na nossa fronteira norte, e não vamos permitir que nem o grupo Estado Islâmico nem qualquer outra facção armada se estabeleça de forma permanente nas imediações das nossas fronteiras.”

No passado dia 9, aviões da Força Aérea já haviam bombardeado a zona síria de Tel Shaar em resposta ao lançamento de rockets sobre o território israelense.

Em relação ao Estado Islâmico, o malfadado Deash, não há outra alternativa: é atirar antes e perguntar depois. Se vão ou não responder é problema deles.

ANDS | FDI PRESS | EURONEWS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s