Curiosidades

MULHERES E MINISTÉRIOS

DUAS GRANDES ESTADISTAS E… DILMA

Golda Meir Margaret Thatcher Dilma Roussef
A Dama de Guerra, a Dama de Ferro e a Dama da Farra

Nos últimos dias tem-se levantado uma grande polêmica em relação ao novo governo brasileiro. O presidente Michel Temer tem sido duramente criticado por alas “progressistas” pela ausência de mulheres, negros e gays na composição do ministério. É um governo “conservador”, bradou a antiga presidente.

Ao ouvir e ler isso, lembrei-me de duas mulheres excepcionais que tiveram o mesmo privilégio da ex-presidente Dilma Rousseff, ou seja, duas mulheres que governaram os seus países: Margaret Thatcher e Golda Meir.

Margaret Thatcher foi primeiro-ministro do Reino Unido e Golda Meir brilhou na condução do Estado de Israel, também como primeiro-ministro. Thatcher pegou uma Inglaterra economicamente falida e transformou-a numa potencia comercial, embora sofresse pressões de todas as formas de uma militância esquerdista implacável. Meir pegou um Estado em guerra e o manteve vencedor, embora sofresse pressões de todas as formas dos seus vizinhos militarizados.

Só por curiosidade, fui ver quantas mulheres havia nos ministérios de Margaret Thatcher e Golda Meir, afinal de contas como mulheres que eram elas sabiam muito bem o quanto era importante contar com companheiras empoderadas ao seu lado. Sabem quantas? Nenhuma!

Resolvi ainda colher algumas frases destas grandes estadistas e compará-las com as da brasileira, só para perceber se o progressismo da nossa ex-presidente, inspirada nas 9 mulheres que compunham o seu primeiro ministério, a fazia mais eloquente do que as conservadoras representantes de Israel e do Reino Unido que não se cercaram de mulher nenhuma. O resultado está aqui abaixo.

Mulheres no Ministério Golda Meir
Golda Meir e seu ministério. Nenhuma mulher.

GOLDA MABOVITCH MYERSON

Golda Myerson, depois Golda Meir, foi uma das fundadoras do Moderno Estado de Israel. Juntamente com Paula Gurion, esposa de David Ben Gurion, foi uma das poucas mulheres a acompanhar todo o processo da independência de Israel, mas foi a única a fazer parte do primeiro ministério do novo Estado.

Nascida em Kiev, na Ucrânia, Meir emigrou para a Terra de Israel no ano de 1921, onde militou no sindicato Histadrut e no partido trabalhista Mapai. Ou seja, Golda Meir era de esquerda, era uma “progressista”.

Foi a primeira embaixadora israelense na extinta União Soviética, ministra do Bem-Estar Social, ministra do Exterior, secretária-geral do partido trabalhista Mapai e o quarto primeiro-ministro de Israel.

Por ocasião da independência de Israel, Meir, como os demais integrantes do gabinete de Ben Gurion, foi uma entusiasta defensora da permanência dos árabes nas terras israelenses. Na sua autobiografia “Minha Vida”, Golda Meir fez o seguinte relato sobre os dias que se seguiram à declaração de independência.

“Em abril de 1948 eu mesma fiquei durante horas na praia de Haifa, literalmente implorando aos árabes da cidade que não saíssem. Além do mais, foi uma cena que provavelmente nunca esquecerei. A Haganah [o exército judeu de então] acabara de assumir o controle de Haifa, e os árabes começaram a fugir — porque sua liderança tão eloquentemente lhes assegurara ser essa a atitude mais inteligente a tomar e os britânicos tão generosamente puseram dezenas de caminhões à sua disposição. Nada do que a Haganah disse ou fez adiantou — nem os apelos via alto-falantes, montados em caminhonetas, nem os impressos que, então, fizemos chover sobre os bairros árabes da cidade [“Não temam!” diziam em árabe e hebraico. “Saindo estarão trazendo para si pobreza e humilhação. Permaneçam na cidade que é tanto sua quanto nossa.”] Por que queríamos que ficassem? Havia dois bons motivos: primeiro, e antes de tudo, queríamos provar ao mundo que judeus e árabes podiam viver juntos; segundo, sabíamos perfeitamente bem que se meio milhão de árabes saíssem então da Palestina, tal fato acarretaria ao país um sério transtorno econômico.”

FRASES DE GOLDA MEIR

“Muitas vezes fui acusada de conduzir as questões públicas mais com a emoção do que com a razão. Bem… e se for verdade? Aqueles que não sabem chorar com o coração tampouco sabem rir”.

“Tenho uma queixa contra Moshé Rabeinu [Moisés]. Ele nos conduziu durante 40 anos pelo deserto e nos trouxe para um dos raros lugares do Oriente Médio onde não há petróleo”.

“Sou eu quem tem que comandar o relógio e não me deixar ser comandada por ele”.

“Um professor ensina a ler, escrever, calcular e assim por diante. Um educador adiciona a essas matérias algo mais importante: o espírito”.

“Não seja tão humilde. Você não é tão grande como imagina”.

“A paz virá quando os árabes amarem os seus filhos tanto quanto nos odeiam”. [Discurso no Clube Nacional da Imprensa, em Washington, 1957.]

“Estou convencida de que haverá paz entre Israel e seus vizinhos porque milhões de árabes precisam da paz tanto quanto nós. Uma mãe árabe que perde seu filho no campo de batalha chora tão amargamente quanto uma mãe israelense na mesma condição”.

“Nós devemos considerar que o caminho para a paz pode ser difícil, mas não tão difícil quanto o caminho para a guerra”. [Olhando para Anuar el Sadat, durante sua visita a Jerusalém, 1977.]

“A única alternativa para a guerra é a paz. E a única alternativa para a paz é a negociação”.

“Enfrentar a idade avançada é como estar a bordo de um avião durante uma tempestade. Não há o que fazer. É impossível parar o avião, parar a tempestade ou parar o tempo. Portanto, o melhor é aceitar a situação e seguir em frente, com calma e sabedoria”.

“Não é possível apertar as mãos com os punhos fechados”.

“Acredito que teremos paz com os nossos vizinhos, mas estou certa de que ninguém fará paz com um Israel fraco. Se Israel não for forte, não haverá paz”.

“Nós podemos perdoá-los por matarem os nossos filhos. Mas jamais os perdoaremos por terem obrigado nossos filhos a matarem os seus”. [Para Anuar Sadat, presidente do Egito, antes de assinar o acordo de paz que vigora até hoje.]

“Eu sempre repeti que em nossas guerras contra os árabes tínhamos uma arma secreta: a falta de alternativa”.

“É melhor receber críticas do que condolências”.

“Se os palestinos baixarem as armas, haverá paz. Se os israelenses baixarem as armas, não haverá mais Israel”.

Margaret Tatcher and Ministers
Margaret Thatcher e seu ministério. Nenhuma mulher.

MARGARET HILDA THATCHER

Foi a primeira mulher a chefiar o governo do Reino Unido. Uma das primeiras mulheres a chefiar um governo importante, antes dela, Golda Meir liderou Israel e Indira Gandhi a Índia.

Thatcher liderou o partido conservador em três vitórias eleitorais consecutivas, permanecendo no cargo durante 11 anos e meio – o maior tempo em todo o século.

Quando entrou no governo, em 1979, o Reino Unido sofria uma crise de inflação alta, déficits no orçamento e declínio industrial. O “remédio” usado por Thatcher foi drástico: diminuir o tamanho do Estado, quebrar a força dos sindicatos, desnacionalizar a indústria, desregulamentar a economia.

Num primeiro momento, suas políticas apenas agravaram a crise. Temendo uma derrota nas eleições, boa parte dos conservadores a aconselharam a chegar a um acordo com a oposição. Sua resposta: “Eu não sou uma política de consenso, sou uma política de convicção.”

Thatcher enfrentou duras greves – principalmente a dos mineiros, cuja indústria havia sido nacionalizada. A ineficiência da indústria levou à decisão de fechar plantas e demitir milhares de trabalhadores, a que o sindicato resistiu com uma greve de meses. A determinação da primeiro-ministro prevaleceu. No segundo momento, os negócios se recuperaram, a indústria se fortaleceu, a classe média prosperou.

FRASES DE MARGARET THATCHER

“Se você quer que digam algo, peça a um homem. Se você quer que façam algo, peça a uma mulher.”

“Para aqueles que estão à espera daquela famosa frase tão popular na mídia, a virada de opinião, tenho apenas uma coisa a dizer: esta senhora não é de viradas.” (Em 1980, quando pressionada para adotar uma política de consenso).

“Ser poderoso é como ser uma dama. Se você tem de dizer às pessoas que você é, você não é.”

“Tentar curar a doença britânica com socialismo era como tentar curar leucemia com sanguessugas.”

“Não existe essa coisa de sociedade. Existem indivíduos, homens e mulheres, e existem as famílias.”

“Ninguém lembraria do Bom Samaritano se ele tivesse apenas boas intenções. Ele tinha dinheiro também.”

“As pessoas acham que no topo não há muito espaço. Elas tendem a pensar no topo como um pico do Everest. Minha mensagem é que há uma imensidão de espaço no topo.”

“Eu entrei no governo com um objetivo: transformar o país, de uma sociedade dependente em uma sociedade autoconfiante, de uma nação dê-para-mim em uma nação faça-você-mesmo.”

Mulheres no Ministério Dilma Rousseff
Dilma Rousseff e seu ministério. Nove mulheres.

DILMA VANA ROUSSEFF

Dilma Vana Rousseff foi a 36ª presidente do Brasil. Formada em Economia, antes de entrar para a vida pública, através de nomeações para cargos em empresas estatais e cargos de confiança no Governo, foi dona de uma das muitas lojas de produtos importados de baixa qualidade, que popularizaram-se pelo país após a abertura proporcionada pelo governo Fernando Collor de Mello. Popularmente conhecidas como Lojas de 1,99, o empreendimento da jovem Dilma teve vida curta. Faliu.

Filiada no Partido dos Trabalhadores (PT), Rousseff foi indicada pelo ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva para o suceder no comando da nação, cargo que desempenhou de Janeiro de 2011 até o dia 12 de maio de 2016, quando mergulhada em escândalos foi impedida de continuar na presidência por pelo menos 180 dias.

FRASES DE DILMA ROUSSEFF*

“Um grande varejista uma vez disse o seguinte, disse uma coisa muito simples e de fácil entendimento, que é muito difícil para o conjunto da população ou para muitas camadas da população, comprar à vista, mas que quando se compra a prazo, tudo fica mais viável.”

“É verdade: eu sou uma mulher dura cercada de homens meigos.”

“Quero dizer que meu olhar não é para o PIB e para os juros, é para as pessoas.”

“Nós acreditamos que, sempre, em qualquer situação, é muito melhor o diálogo, o consenso e a construção democrática do que qualquer outro tipo de ruptura institucional.”

“Se hoje é dia das crianças, ontem eu disse, que criança, o dia da criança é dia da mãe, do pai, das professoras, mas também é o dia dos animais, sempre que você olha uma criança, há sempre uma figura oculta, que é um cachorro atrás, o que é algo muito importante.”

“Nós não vamos colocar uma meta. Nós vamos deixar uma meta aberta. Quando a gente atingir a meta, nós dobramos a meta.”

“Paes é o prefeito mais feliz do mundo, que dirige a cidade mais importante do mundo e da galáxia. Por que da galáxia? Porque a galáxia é o Rio de Janeiro. A Via Láctea é fichinha perto da galáxia que o nosso querido Eduardo Paes tem a honra de ser prefeito.”

“O presidente Lula me deixou um legado, que é cuidar do povo brasileiro. Eu vou ser a mãe do povo brasileiro.”

“É só fazer um raciocínio: temos eleições a cada dois anos no Brasil. Tudo o que o governo fizer é campanha eleitoral.”

“Em condições de poder, a mulher deixa de ser vista como objeto frágil e isso é imperdoável. Aí começa a história da mulher dura.”

* Procurei selecionar as melhores e mais sérias frases, evitando as famosas menções à mandiocas e milhos.

ANDS | ÉPOCA | WIKIPEDIA

2 respostas »

  1. A Dilma estudou Marx e odeia capitalismo. Como administrador, mais parece uma mãe de família com 32 filhos. Destes só 3 trabalham e os outros só gastam. A cada um dá um cartão de crédito e atende a qualquer pedido porque olha para as pessoas. Bem o resultado acabamos de ver. Não sabia nem o saldo da conta. Só pode acabar no SPC.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s