Curiosidades

AS LIÇÕES DE ROUBAIX

O ISLÃ ATINGINDO OS SEUS PROPÓSITOS NA EUROPA

Hostage Roubaix Police
Forte aparato policial para deter meros ladrões: O terror, o terror.

“Infundiremos o terror nos corações dos infiéis” (Alcorão, Surata 3:151a).

O incidente da noite desta terça-feira, 24, na cidade francesa de Roubaix demonstra claramente como os muçulmanos estão conseguindo atingir os seus propósitos no Velho Continente, pois em nome de Allah a Europa está a viver em clima de completo terror.

Roubaix tem, juntamente com Marseille, a maior proporção de muçulmanos por habitantes de toda a França. Mais de 20% dos roubaisienses são muçulmanos, enquanto que em Paris este percentual cai pela metade.

Na noite de ontem, um grupo de ladrões tomou uma família como refém, inclusive algumas crianças, conforme nosso site noticiou em primeira mão logo nas primeiras horas da ação.

Na oportunidade, informamos que até aquele momento nada indicava que a ação tivesse conotação terrorista. Não tinha.

No início da madrugada tudo já estava (parcialmente) explicado. Os reféns foram libertados em segurança, um potencial assaltante estava morto e dois outros encontram-se em fuga. Estas informações ainda são preliminares, razão pela qual poderemos corrigi-las posteriormente.

A situação começou na terça-feira à noite, com a mídia local relatando que uma família havia sido mantida como refém na cidade, que fica perto da fronteira belga.

Até aqui, tudo normal para a realidade de uma cidade que tem cerca de 95 mil habitantes. Assalto a mais, assalto a menos é comum em qualquer lugar do mundo. O que anormal foi o aparato policial destacado para controlar a situação, conforme pode ser visto na imagem com a qual iniciamos esta reportagem.

Embora a tomada de reféns lembrasse os acontecimentos da sexta-feira, 13 de Novembro, em Paris, logo de início percebeu-se que não se tratava de um ato terrorista. Mesmo assim a cidade entrou em alerta, ruas foram fechadas e esquadrões anti-terror dirigiram-se ao local.

Dentro do prédio, surpreendidos pelo espalhafatoso aparato que os esperava do lado de fora, estavam meros (e azarados) ladrões. Que hora mais errada eles escolheram para fazer um assalto.

Bruxelas sitiada
Bruxelas com as ruas cheias… de policiais e jornalistas.

A tentativa de roubo em Roubaix demonstra que os muçulmanos estão atingindo seus objetivos: a Europa está aterrorizada!

Bruxelas com as ruas vazias, escolas fechadas e transporte público operando parcialmente, com estações do metrô vários dias encerradas.

Em Paris, franceses e turistas passam rapidamente pelos cafés e recolhem-se cedo, algo incomum na ainda Cidade Luz, conhecida mundialmente pela sua vibrante vida noturna.

Numa das ruas comerciais mais movimentadas da capital francesa, uma jovem olha as lojas fechadas e diz temer o encerramento de lojas e despedimentos de funcionários.

Os muçulmanos europeus estão conseguindo atingir uma das metas do Islã, expressada na Surata 3, denominada Ali ‘Imran, ou “Família de Imran”, cujo verso 151 aparece, parcialmente, na imagem abaixo:

Quran Sura 3.151

Numa tradução livre, o verso acima diz: “Infundiremos terror [palavra destacada] nos corações dos infiéis, por [eles] terem atribuído parceiros a Allah, sem que ele [Allah] lhes tivesse conferido autoridade alguma para isso.”

Exegéticamente, o que o texto quer dizer é: “Deixaremos os não muçulmanos cheios de terror, porque eles atribuíram divindade a Adonai e a Jesus Cristo fazendo isso sem a permissão de Allah”.

Religious Radicals
No sentido dos ponteiros do relógio: Um Católico radical, mulheres protestantes radicais, um judeu radical e um grupo de muçulmanos radicais.

O QUE É UM RADICAL

Neste momento, manhã da quarta-feira, 25 de Outubro, o Papa Francisco está na África e a mídia local informa que faz parte da agenda do pontífice encontrar com “muçulmanos moderados”. O objetivo é enfatizar a mensagem de que o Islã é uma religião de paz e que os atentados que aterrorizam a Europa e degolam inocentes no Oriente Médio é coisa de muçulmanos radicais.

Num recente debate, em que estive involuntariamente envolvido, um defensor da moderação islâmica disse que Zinédini Zidane era muçulmano. Depois sugeriu que fôssemos até ele e metessemos uma bala em sua cabeça. Como resposta lhe disse.

“A diferença está na base das crenças. Há moderados e extremistas em todas as religiões. Quando um católico moderado radicaliza-se, ele coloca um poster do papa na parede, uma cruz de 20 cm no peito, começa a rezar o terço e deixa de usar preservativos. Quando um protestante radicaliza-se, ele passa a usar paletó o dia inteiro, vende a televisão e obriga a mulher a deixar o cabelo crescer até à cintura. Quando um judeu radicaliza-se, ele não lava mais o carro aos sábados, deixa de comer sanduíches de pernil e passa a andar com um livrinho de bênçãos. Mas, quando um muçulmano torna-se radical, ele afasta-se dos familiares, aprende a fazer bombas, veste um colete de explosivos e sai na sexta-feira à noite procurando jovens, velhos e crianças para matar.”

Manter a paz é objetivo dos fiéis daquele Deus que Allah condena no Alcorão. Infundir terror no coração destes fiéis é a ordem expressa no mesmo Alcorão.

E na Europa eles estão, infelizmente, conseguindo.

ANDS | INDEPENDENT

3 respostas »

  1. Na verdade os verdadeiros mulçumanos são justamente esses radicais pois eles praticam fielmente nada mais do que aquilo que está escrito no alcorão, esses sim são os verdadeiros seguidores do islã. Os outros, tidos como moderados são apenas hipócritas, ignorantes e cínicos, são qualquer coisa menos mulçumano, que da mesma foram não são dignos de confiança.

    O catolicismo é quase tão lixo quanto o islamismo, há teólogos que afirmam que o catolicismo foi quem criou o islã.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s