Breaking News

OS BÁRBAROS INIMIGOS DE ISRAEL

Notícias de Sião Breaking News

PAQUISTANESA MORRE APEDREJADA EM NOME DA HONRA

Uma jovem de 25 anos, grávida de três meses, foi apedrejada até à morte por membros da sua família, incluindo o próprio pai.

Mais de uma vez escrevi aqui neste blog manifestando meu repúdio àquelas pessoas que vivem a criticar o Estado de Israel, seus governantes e seu povo. O mais democrático de todos os países do Oriente Médio é sempre alvo dos mais vis e mentirosos ataques nas redes sociais, mas as mesmas pessoas que lançam estes ataques não movem um dedo sequer sobre os seus teclados sujos para protestar contra a barbárie que impera entre os inimigos de Israel. Nesta terça-feira, uma vez mais, o mundo queda-se estarrecido diante de uma notícia tenebrosa que vem de um país inimigo de Israel, o Paquistão.

Farzana Iqbal, 25 anos, grávida de três meses, foi apedrejada até à morte por membros da sua família, incluindo o próprio pai, quando esperava para ser ouvida em tribunal esta terça-feira. A mulher é uma das várias centenas que morrem anualmente vítimas dos chamados “crimes de honra”. Neste caso, Farzana casou-se com um homem que não foi escolhido pela sua família.

Farzana esperava pela abertura do tribunal na cidade de Lahore, quando foi cercada por um grupo de cerca de 20 homens, entre eles o pai, dois irmãos e um antigo noivo. Os homens começaram a apedrejá-la com tijolos e pedras e após vários ferimentos sofridos a mulher caiu inanimada. A sua morte foi declarada pouco depois no hospital, indicou Umer Cheema, um responsável da polícia local.

Com a chegada das autoridades, apenas o pai de Farzana foi interceptado e interrogado. À polícia o homem admitiu ter contribuído para a morte da filha, que resultou de uma questão de honra da família. Muitos paquistaneses acreditam que quando uma mulher se casa com alguém de sua escolha desonra os seus familiares.

Segundo Umer Cheema, a paquistanesa chegou a estar noiva de um primo, para um casamento arranjado pela família, mas recusou a imposição e decidiu casar-se com o homem que amava. O marido de Farzana acabou por ser acusado do rapto da jovem e esta terça-feira esta preparava-se para testemunhar em tribunal e negar a versão da família, indicou o seu advogado, Rao Mohammad Kharal.

Este é um dos perto de mil casos de mortes que se registam todos os anos no Paquistão justificadas com a necessidade de honrar a família. Segundo o grupo ativista pela defesa dos direitos humanos Aurat Foundation, o número de mulheres assassinadas pela própria família deverá ser superior, já que os casos registados foram todos reunidos com base em notícias.

O Governo paquistanês não tem quaisquer estatísticas sobre estes casos e são poucas as vezes em que chegam a tribunal. Quando chegam a uma sala de audiência, os processos prolongam-se durante meses ou mesmo anos. Mesmo que haja uma condenação, é raro que o acusado seja punido, porque a legislação do país permite à família da vítima perdoar o seu homicida. Na maioria dos casos, a mulher e o homicida têm uma relação familiar.

Fonte: Público, Reuters e AFP.

Paquistaneses protestam contra Israel

Paquistaneses protestando contra Israel. Imagem faz a alegria da mídia internacional.

5 respostas »

  1. Desesperador. Que honra é essa? Quem não tem Deus, honra ao seu próprio umbigo! Quanto à queima da bandeira, deixem queimar, pois amontoam cinzas sobre si mesmos. A verdadeira flâmula tremula em nossos corações!

    Curtir

  2. Meu nome é André Menezes dos Santos, e eu fui processado aqui no Brasil por ter dito a verdade sobre “O perigo dos muçulmanos no Brasil” em 2009 no “meu” Site, vejam o linque da matéria abaixo:

    http://sitebjcv.blogspot.com.br/2012/09/o-perigo-dos-muculmanos-no-brasil.html

    Para os que não sabem, o Brasil é o maior exportador de carne para os países islâmicos, daí o interesse comercial em não criticar as ações islâmicas, ainda que por mais absurdas que sejam.

    Louvado seja o Deus de Israel, pois no tempo certo Ele destruirá todos os seus inimigos!

    Curtir

  3. Que honra um pai pode dizer ter para ser manchada, enquanto ajunta ao seu redor homens tão cruéis quanto ele para covardemente matar sua própria filha?

    “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria. Os insensatos desprezam a sabedoria e a instrução”.

    Provérbios 1:7

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s