Desinformação

AMANHECER EM ISRAEL

TRINTA E SETE SEGUNDOS QUE VALEM MAIS QUE TRINTA E SETE MIL PALAVRAS

Assistam este pequeno vídeo e procurem ver se há algo de especial nele.


.
Um amigo meu, Miguel Nicolaevsky, publicou este vídeo no Youtube sem nenhuma nota, nenhuma referência, nenhuma dica. Um internauta fez uma observação que, aliás, ocorreria a qualquer um de nós: “Não entendi!”. Atrevi-me a explicar aquilo que vi, ou melhor aquilo que meu coração sionista interpretou. Está lá no Youtube e compartilho com vocês aqui também.

Do meu ponto de vista, há três coisas espetaculares nestes 37 segundos de filme, que estão devidamente sinalizadas com as setas abaixo.

Modiin

1. O sol a nascer, de forma majestosa, iluminando a cidade de Modiin como que a prepará-la para mais um “festival de luzes”. Este nascer do sol é um presente de Hashem para esta cidadezinha simpática que é o símbolo da revolta de Yehudah HaMakabi e, por conseguinte, o símbolo da Festa do Chanukah.

2. Ao fundo, à esquerda, há uma imensa grua, dessas que se espalham por todo Israel indicando que esta é uma nação que não pára de crescer, seja aqui ou na Judeia e na Samaria, regiões do Estado de Israel que um dia serão totalmente libertas!

3. À partir do segundo 0:10, um ônibus aparece no lado direito do vídeo atravessando toda a filmagem e desaparecendo no canto esquerdo aos 0:29 segundos. Pode parecer uma imagem simples, corriqueira e até banal para qualquer país do mundo, mas para Israel isso significa muito, significa uma imensa conquista! Há alguns anos, a trajetória desse ônibus seria acompanhada com inquietação, pois havia a possibilidade de o vermos explodir no meio do percurso, afinal de contas era isso que seus inimigos faziam há até pouquíssimo tempo atrás. O fato do ônibus, numa manhã radiante, cruzar à frente do cinegrafista sem nenhuma consequência, significa que Israel, uma vez mais, venceu seus inimigos. E sempre vencerá, pois o D’us que propiciou o majestoso nascer do sol é o mesmo D’us que protege este povo que é único no mundo, o povo de Israel.

Am Yisrael Chai!

2 respostas »

  1. SOMENTE QUEM MORA NA ERETZ ISRAEL PODE PERCEBER ESTAS MARAVILHAS….SOMENTE MIGUEL TEM ESTE DOM DE CAPTAR COM TANTA PERFEIÇÃO ESTES MOMENTOS TÃO PRECIOSOS EM ISRAEL…..COMO SONHO EM ESTAR LÁ!!! LOUVADO SEJA O ETERNO DEUS POR COLOCAR PESSOAS MARAVILHOSAS A SUA DISPOSIÇÃO A AJUDAR OUTRAS QUE NÃO PODEM ESTAR, POR ENQUANTO, AO VIVO EM SUA TERRA QUERIDA!!! BARUCH HA SHEM!!

    Curtir

  2. O que me chamou a atenção não foi o vídeo, nem a sua explicação, mas a forma como você escreveu Deus (D’us). Só para constar, todos que eu conheço aqui no Brasil que escrevem Deus desta maneira chamam os evangélicos de filhas da prostituta (referindo-se a ligação da igreja evangélica à católica por meio de Lutero). Eu, sinceramente, espero que esse não seja o seu caso, pois só há três Blogs que eu indico no “meu”: O Projeto Ômega, Shalom Israel e o seu.

    Deus te abençoe!

    André M. dos Santos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s